28
mar
2017

Receitas de Historias – Receita de Galinhada da Camila

receita galinhada da camila

Olá pessoal!

Fizemos um evento para contar a história da Black Boots. Havia pessoas que começaram esse sonho conosco, que contribuíram de uma forma incrível para ser o que somos hoje. Documentamos tantas lembranças…

Com o tempo essas pessoas nos ensinaram tantas coisas maravilhosas e a valorizar os que passam por nossas vidas, que nos ajudam a evoluir. E para acompanhar o momento, fui convidada a fazer algo que combina muito com esse compartilhar de histórias e tão desafiante quanto construir uma marca: cozinhar!

Cozinhar, dentre todos os significados, o que eu mais gosto é o momento em que uma ideia bate à sua porta e você diz, – SIM. Você a convida a entrar e vocês se tornam parceiras e fazem algo acontecer: o que chamamos de CRIATIVIDADE!

Eu cresci aprendendo com vovó Azely (que sinto muitas saudades!!!), minha mãe, meu pai e meus irmãos, que a cozinha não é só um espaço para cozinhar, mas onde moram todas as histórias, todos os causos da “cumadre” que bateu na porta sentindo o aroma do café. Um local que convida o paladar a sentir aconchego, um local de experimentos, de acertos e erros, de partilha, de família, um campo fértil para a emoção se materializar!

A escolha foi uma Galinhada, mas não qualquer Galinhada, e sim uma criação minha, de todos os momentos que convivi com minha avó e todos os aprendizados que minha mãe e meu pai me ensinaram, compartilhados em uma cozinha.

E agora vou dividir com vocês essa receita!

Vamos para o primeiro passo, o de escolher todo os ingredientes. Esse é um momento muito importante para começar a cozinhar. Vá você mesmo em um mercado e escolha a dedo cada ingrediente dessa receita!

No meu caso, fui com o Guilherme (o diretor da Loja, sim, ele foi comigo, ele gosta de participar de todos os momentos) ao Mercado Central de Belo Horizonte, que fica na Av. Augusto de Lima, 744 – Centro, Belo Horizonte – MG, 30190-922

Foi uma aventura maravilhosa. Caminhar entre os corredores e sentir os aromas, ver as cores, as pessoas!

Ingredientes

receita galinhada da camila

Fiz aqui uma lista para levar junto com você. Vamos lá?

(Ah! Importante: Este cálculo foi feito para 20 pessoas. Você pode adaptar para o número de pessoas que for convidar)

  • 6 Frangos inteiros

Sugestão: Peça para cortar os pedaços. Não serão usados os miúdos. Usei somente 3 peitos. Não desperdice jamais, você pode congelar o restante e usar para outro momento, ou fazer um tira gosto maravilhoso!!!

  • 200g de Bacon
  • 500 g de Linguiça Calabresa
  • 5 kg de Arroz arbóreo
  • 2 garrafinhas de Leite de coco (sim, teremos leite coco. Sei que está pensando: que estranho, mas pode confiar!)
  • 2 tabletes de manteiga (sem sal, por favor!)
  • 6 cervejas de 600ml

Usei Chopp da Cervejaria Sátira, nossa grande parceira de caminhada. Foram 3 cervejas do tipo Camden Town (English Pale Ale) e 3 do tipo Híbrida (mescla Lager e Ale). Não se preocupe, pode usar a de sua preferência. O importante é escolher 3 mais fortes e depois 3 mais leves.

  • 1 pacote de Sal
  • 1 Molhe de:

– Cebolinha

– Coentro

– Manjericão

– Tomilho

– Alecrim

  • 3 Cebolas roxas
  • 3 Alhos Porós
  • 1 Cabeça de alho roxo
  • 2 Limões Siciliano
  • 2 Caixinhas de tomatinho Cereja (se for comprar a granel é só encher a mão 4 vezes de tomatinho)
  • 2 Pimentões amarelos
  • 2 Pimentas Dedo de Moça

Temperos:

  • Pimenta do Reino
  • Páprica doce
  • Açafrão

Preparo

Agora vamos ao grande momento: Mãos à obra!

O Frango

receita galinhada da camila

Primeiro, tempere o frango com o sal (junte todas as partes dele, menos os miúdos, corte o peito em 4 pedaços cada um, lembrando que usei 3 peitos), coentro, páprica doce, cebolinha, o caldo do limão siciliano, a cerveja (1 inteira) e misture (sugiro que seja com a mão mesmo, é bom sentir esse momento de temperar e salgar). Deixe tampado na geladeira (para o tempero entrar).

Em uma panela: coloque 1 tablete de manteiga. Após o cheirinho começar e a manteiga derreter, jogue o bacon cortado em filetes. Após fritar bem, acrescente 2 cebolas cortadinhas (eu gosto dela mais rústica, maiorzinha), 2 dentes de alhos cortados e deixe dourar. Em seguida, coloque o frango e a pimenta do reino (a gosto) e quando ele estiver bem corado, acrescente o caldo que sobrou na vasilha que temperamos o frango e o leite de coco (as duas garrafinhas). Faça um maço enroladinho no barbante de ramos de alecrim e tomilho, coloque em cima dessa mistura.

Quando o caldo estiver secando, vá acrescentando a cerveja (todas elas). Ah, muito importante! Mantenha o frango com esse caldo. Não deixe secar muito. Você perceberá que o caldo ficará mais grossinho. Agora reserve.

O Arroz

receita galinhada da camila

Em outra panela (sim, eu faço o arroz separado. Não se assuste, vai dar tudo certo!) derreta ½ manteiga, coloque a calabresa (cortada em rodelas generosas) e uma colher de café de açafrão. Após dourar, retire da panela e reserve. Na mesma panela coloque 1 cebola, 2 dentes de alho, os 3 alhos porós (todos cortadinhos). Após soltar o aroma e dourar, retirar da panela e reservar junto com a calabresa.

Coloque a outra metade da manteiga e jogue o arroz para fritar (não sou muito ligada em quantidades certinhas, sou do tipo que joga intuitivamente as quantidades, mas fazendo um esforço você pode utilizar 2 kg de arroz). Coloque o sal (a gosto) e jogue na panela novamente os ingredientes que ficaram reservados. Misture bem e jogue a água.

Atenção! Dica de ouro: deixe o arroz mais durinho.

Hora de Misturar

receita galinhada da camila

Na panela que foi feito o frango, retire o maço de tempero que colocamos por cima (o alecrim e o tomilho) e vá acrescentando o arroz que está na outra panela. Vá colocando aos poucos e misturando (com o fogo baixo).

Após colocar todo o arroz, acrescente folhas de manjericão, tomatinho Cereja e o pimentão (cortado em tiras compridas).

Para finalizar, coloque a pimenta Dedo de Moça (corte no meio e retire as sementes e os veios que ficam no interior dela, passe uma aguinha para certificar que todas as sementes foram retiradas e corte em tiras finas), acrescente na panela e misture mais um pouquinho!

Agora uma fase importante do processo! Escolha um prato bem bacana, sirva e deguste cada momento, sinta cada aroma, cada sabor! Divida esse momento tão especial com pessoas que fazem parte da sua história e da sua vida!

Bom apetite! Com carinho, Camila Trindade.

16
jan
2017

5 Dicas Para Você Impermeabilizar Sua Bota de Couro

O ideal é você ter uma bota com membrana impermeável e respirável… tipo bota com Goretex, DrySystem, ClimaDry… entre outras… mas nem sempre esta é a melhor opção. O orçamento pode estar curto, ou mesmo o estilo de bota que você gosta não tem opções com membrana. Sendo assim utilize as nossas 5 dicas Black Boots para impermeabilizar sua bota.

Ler Mais

10
jan
2017

Bota Black Boots Logan

A Bota Logan é fruto de uma parceria muito especial que fizemos com a Braddock. É um clássico, uma bota work com cabedal em couro crazy horse oil, cano em lona encerada, e leves detalhes que conferem ao produto elegância. As bordas são forradas em couro pelica, o miolo em nylon, e o solado é de borracha super resistente.

A construção desta bota é feita com sistema o Sistema Double Sole, duplo solado em borracha com dupla costura para maior durabilidade. O sistema de fixação do solado proporciona um calçado extremamente resistente. Idealizado para uma utilização de alta freqüência, mantendo o conforto e garantindo a durabilidade.

Ler Mais

4
jan
2017

Desert Boot – Conforto e praticidade com inspiração militar

A Desert boot foi criadas em 1949 por Nathan Clark que se inspirou em botas vistas no Egito durante a Segunda Guerra Mundial. Ela é uma ótima opção para incrementar o visual de forma prática, já que é leve e bonita. Versátil, quebra a mesmice de qualquer produção básica, e por ser um clássico, substitui com elegância sapatos casuais ou tênis nas horas em que é necessário um pouco mais de formalidade.

Dá pra usar desert boot o ano inteiro. Use no dia a dia, universidade, praia, shopping, etc. Ela vai do trabalho ao happy hour, do passeio no parque ao jantar. No frio, combine com jaquetas jeans e calças chino slim fit. Se quiser, dobre a barra da calça e deixe o cano da bota aparecendo. No verão, não tem mistério: combine com bermudas e camisetas. O visual não tem gênero, então qualquer pessoa pode usar. Ah, como ela é forrada de couro, pode até deixar a meia de lado.

Ler Mais

28
dez
2016

THERE IS NO FREE LUNCH

no-free-lunch

THERE IS NO FREE LUNCH – Não existe almoço grátis… ou melhor não existe frete grátis!!!

Eu acredito em vender com transparência. Durante os últimos 20 anos a ideia foi sempre de disponibilizar aos nossos clientes os melhores produtos com o melhor preço. Não somos campeões de preços baixos, mas somos campeões de qualidade.

O frete grátis é uma prática utilizada pelas grandes redes para atrair os clientes, e esta prática acaba sendo repetida pelo mercado . A maioria das lojas tentam fazer o mesmo, e muitas vezes sem questionar se isto é certo ou errado, se é possível financeiramente ou não… o custo do frete chega em média a 9% do valor dos produtos. Os Correios são a única empresa no Brasil a disponibilizar este serviço, sem concorrência, mesmo as outras operadoras acabam por contratar os serviços dos Correios.

Sabemos que a maioria das grandes redes de lojas on line trabalham com resultados negativos. Eles investem muito em mídia digital, novas ferramentas, preços baixos, frete grátis, enfim… a conta não fecha.

Enquanto isto os pequenos e médios lojistas on line sofrem tentando acompanhar as regras ditadas pelos grandes varejistas. Mas será que isto é justo??

Acredito que o justo é cada cliente pagar pelo seu frete. Se você mora longe do depósito da loja online, você vai pagar um pouco mais do que aquele cliente que mora próximo. Assim é na vida real. Quando vai ao shopping tem que pagar pelo transporte até o local… depois tem estacionamento, caso você tenha ido no seu carro… e o preço na loja é o mesmo para todos, inclusive para quem compra online. Nada mais justo que o cliente que compra no conforto da sua casa pagar pelo frete.

Na primeira troca nós iremos bancar o frete de ida e volta, e o mesmo para produtos com defeito de fabricação. Acredito que esta seja a forma mais justa para todos, pois não queremos trabalhar com resultados negativos, e não desejamos isso para ninguém… por que alguém vai pagar o frete.

Certas vantagens são falsas e funcionam apenas como “iscas”. Vamos lutar por um comércio transparente, legal, com emissão de notas fiscais, com carteira assinada, direitos trabalhistas preservados, com negociações razoáveis com todos fornecedores… afinal somos uma cadeia produtiva.

Não adianta se iludir com preços baixos, produtos falsificados e de péssima qualidade… tudo tem um preço.
Vamos levar essa ideia pra frente: não existe almoço grátis… não existe frete grátis.

Valeu!!!

Guilherme Horta.

 

25
dez
2016

Eita… o final de ano chegou!!! Acabou 2016… e que venha 2017

instagram black boots top fotos 2016

Eita… o final de ano chegou!!! Acabou 2016… e que venha 2017.
Não foi fácil… esta crise veio para nos tirar da zona de conforto. E como gostamos de movimento… a mudança foi feita. Novos endereços… um para a loja on line e outro para a nossa loja piloto. Deu tudo certo… fizemos um desvio da parte negativa da crise. E estamos aproveitando a parte positiva. Reduzimos custos, aperfeiçoamos a operação, renegociamos parcerias… Muito bom!!!

Estamos todos sentindo na pele os efeitos da crise. Estados quebrados, empresas quebrando… pessoas desempregadas… salários reduzidos… crise politica, econômica e moral!!! Oque fazer? Vamos nos manter firmes nos nossos propósitos e valores. A marca Black Boots está ficando cada vez mais forte e presente… a crise nos empurra a desenvolver produtos de qualidade, produtos com o nosso DNA… com a nossa marca. Assim saímos da concorrência desleal e suicida que o mercado vive. Agora é a nossa hora… podemos expressar exatamente aquilo que somos… e isto é muito bom. Vivemos um momento de semear… não de colher.

Obvio que existe um esforço para sobreviver… e este esforço tem que ser vivido, pois ele faz parte do caminho. Pode ter certeza… vamos ganhar muito mais que dinheiro… vamos ganhar força para colher em 2018.

Ler Mais

14
out
2016

Quermesse da Mary na Cervejaria Sátira

Fazendo novos amigos e compartilhando velhas histórias. A Quermesse da Mary, na Cervejaria Sátira, aqui no Jardim Canadá, foi a primeira vez que abrimos o nosso galpão para o público.

Cada paróquia tem sua quermesse. Todas elas, repletas dos melhores produtos e quitutes da região. A Mary, não é paróquia, mas abriu as portas do Jardim Canadá para receber sua Quermesse. O evento aconteceu nos nossos vizinhos da Sátira, com uma programação especial cheia do bom em design, moda, arte e gastronomia.

Improvisamos a arrumação do galpão, onde funciona a loja online. Ficou bem bacana, e serviu de teste para a nossa ideia de funcionar todo fim de semana. Rolaram algumas promoções especiais e um singelo torneio de Totó, ao som do Trinta Acústico.

Veja só algumas fotos do evento:

Ler Mais

1
set
2016

Como é Fabricada Uma Desert Boot

Estive acompanhando o processo de fabricação da Desert Boot…  e como sempre, aproveitei para melhorar o nosso produto. Colocamos a  entressola em couro, e isto vai resultar em mais conforto e durabilidade. Quase todos os sapatos fabricados no Brasil tem a palmilha de montagem de papelão… ou as vezes de algum material sintético…  isto é normal, afinal as fabricas fazem uma bela economia, mas o produto perde em durabilidade…  e se você tomar uma chuva… ai sua  bota vai desmanchar!!!  Nosso responsável pela produção deste modelo, o japonês, radicalizado no Brasil, Sir Elieder… conseguiu um palmilha de montagem de soleta, com altíssima qualidade. Agora a nossa bota vai ficar mais flexível e ao mesmo tempo durável. A costura da vira é feita numa maquina dos anos 40… confere nas fotos. E observa como a bota é lixada manualmente… uma a uma… trabalho muito bem executado pelo nosso sapateiro profissional Luismar.

Ler Mais

1 2 3 28