1
jul
2015

A História das Jaquetas de Couro – 1900 – 1920: Antes do Amanhecer

A jaqueta de couro são muito mais do que casacos. No início do século XX, o desenvolvimento de aviões, automóveis, e motos redefiniram o conceito de liberdade, idealizaram a velocidade, e capturaram o coração de homens e mulheres. As jaquetas desenvolvidas para proteger os pilotos e motoristas passaram a simbolizar o romance da aventura, principalmente as jaquetas para moto. Este post é a primeira parte de uma série sobre a história dessas jaquetas de couro.

A história das jaquetas de couro por Rin Tanaka

A maior fonte de informação foi o livro Motorcycle Jackets: A Century of Leather Design, de Rin Tanaka, uma figura importante no meio dos colecionadores de “americana” vintage (aquelas coisas do início do rock n´ roll, surf, rockabilly, workwear, e subculturas hot rod). Vou dividir a história em três posts, falando sobre as minhas épocas favoritas: Antes do Amanhecer (1900 – 1920), Jaquetas Esportivas (1930 – 1945), e A Era de Ouro das Jaquetas de Motocicleta (1946 – 1950).

1913 — Walter Davidson e William Harley. Amigos de infância e fundadores da Harley-Davidson. Walter Davidson era fanático por viagens, e foi esse amor que salvou a Harley- Davidson de devastação financeira. Por volta de 1920 , a HD já tinha estabelecido uma rede de revendedores em 67 países diferentes. Se não fosse a iniciativa, alimentada pela visão e desejo de viajar, a HD poderia ter caído na armadilha da Grande Depressão, como muitos concorrentes americanos.

Otto Walker piloto moto

Otto Walker em ação. Um dos maiores pilotos na década de 10

Dois gigantes nasceram em 1903: Harley-Davidson e Ford. Isso no mesmo ano em que os irmãos Wright fizeram o seu primeiro voo, uma das primeiras decolagens de sucesso. Carros, motos, e aviões, eram novidades incríveis que alimentavam a imaginação humana. Homens e mulheres sonhavam com passeios no deserto e vôos pelos ares, livres em busca de aventura.

As motos antes da Primeira Guerra Mundial eram simplesmente bicicletas com motor. Um meio de transporte limitado para algumas pessoas ricas. Andar de moto era um esporte para cavalheiros, vestidos em ternos casuais e gravata. A demanda era por equipamentos elegantes, que servissem tanto para o ar quanto para a terra. Jaquetas de couro não eram muito populares, e a fabricação era bem lenta. Poucos, mais entusiasmados, tinham trajes feitos especialmente para corridas, mas até mesmo os especialistas vestiam apenas malhas pesadas e casacos de algodão.

indianhedstrom

O fundador da Indian Motorcycles, Carl Oscar Hedstöm, com o primeiro protótipo de uma moto Indian. Fotografia de 1901.

Motoqueiro vintage

“A única coisa de couro que esse motoqueiro pioneiro está usando são as luvas”

Vestuário de motociclismo 1921

Vestuário para motociclismo todo feito de algodão e inspirado nos trajes de cavalaria (1921)

Catálogo Harley Davidson 1918

Catálogo da Harley Davidson de 1918. Totalmente militar, e até o capacete é feito de lã.

“Grandma Beal” em uma moto Indian. Apenas capacete e bota de couro.

“Grandma Beal” em uma moto Indian. Apenas capacete e bota de couro.

Corrida em um motordome, 1914 – Moto Excelsior

Bicyclist Following Motorcyclist

Corrida de moto contra uma bicicleta

Foi por volta de 1910 que surgiram os primeiros sinais de equipamentos em couro feitos especialmente para motos. A Leathertogs, de Boston, foi uma das pioneiras que começou a fazer roupas de couro para as concessionárias Harley-Davidson. No começo eram calças inspiradas em modelos de montaria, caneleiras, luvas, e capacetes bem simples. Também apareceram casacos curtos ou longos, feitos de couro de cavalo ou couro de porco. Eram inspirados em capas de chuva, paletós esportivos (cavalaria) e casacos militares. As primeiras jaquetas, adaptações da jaqueta de aviação A-1: fecho frontal com botões, dois bolsos no quadril, e gola arredondada.

As primeiras mudanças foram impulsionadas pelos militares. Durante a primeira guerra mundial, vários exércitos tiveram sucesso utilizando motoqueiros como correios, escutas e agentes de comunicação. Essa aplicação levou os governos a investirem pesados na fabricação de motos, garantindo grandes contratos para os fabricantes. As motos tiveram melhorias significantes e propaganda militar impulsionou a popularidade do veículo.

Mesmo com essa popularidade, não existiam verdadeiras “jaquetas de moto” no início do século vinte. O couro foi reconhecido com material que conferia proteção superior, mas não existia nenhum design específico para andar de moto, e os alfaiates se inspiravam em casacos esportivos e trajes militares. No Reino Unido, lojas de luxo como a Dunhill e a Harrods começaram a fazer jaquetas e sobretudos de couro personalizados, assim como alfaiates na França, Itália e Alemanha.

 

Luvas de couro para motocicleta 1921

Luvas de couro em um catálogo de 1921

Casaco de couro 1920

Casaco feito em couro de cavalo, da década de 20. Visual é o mesmo das capas de chuva.

Jaqueta bomber A-1 de 1920

Jaqueta bomber estilo A-1, da década de 20. Feita em couro de cavalo marrom. Uma das primeiras jaquetas de aviação.

Jaqueta de couro Levis 1920

Jaqueta de couro marrom feita pela Levi´s. Da década de 20.

Propaganda da Indian Powerplus, de 1918.

Propaganda da Indian Powerplus, de 1918.

A maior contribuição para o design das jaquetas de couro nesta época foi o zíper. Os fechamento por botões não era suficiente para proteger os motoqueiros e pilotos do vento, e o governo dos Estados Unidos começou a investir no zíper, transformando a pecinha de metal em um item acessível.

Em 1925, artesão de capas de chuva Irving Schott revolucionou o mercado com a ideia radical de colocar zíper em um casaco. Logo depois, em 1928, ele criou a sua primeira jaqueta de motociclismo. O desafio era inventar um modelo com visual legal, amplitude de movimento, com acesso fácil a todos os bolsos, e que mantivesse os motoqueiros aquecidos e protegidos.

A largada estava dada, pois a velocidade trouxe a necessidade de equipamentos melhores. As motos melhoraram muito a sua performance, e as máquinas ficaram mais acessíveis. Mais pessoas começaram a andar de moto e próximos anos trouxeram jaquetas mais refinadas, próprias para pilotar. Adeus terno e gravata, adeus designs adaptados, mas isso é assunto para o próximo post e a “Era esportiva”.

1921: The Oakland Motorcycle Club em frente a um hotel.

Década de 20: Membros do Oakland Motorcycle Club.

Casaco de couro de 1920

Casaco em couro de cavalo preto, forrado em lã xadrez. Feito pela Roughwear Clothing, fundada em 1910.

jaqueta de couro schott perfecto de 1928

Jaqueta de couro Schott Perfecto, de 1928.

1924: Evento de Hill Climb, no monte Peralta.

LA Motor Corps Riding Indian Motorcycles

Frota da polícia de Los Angeles. A LA Motor Corps, com suas motos Indian. Eram os únicos membros da polícias que podiam usar jaquetas de couro.

 

Comentários

comentários

Poderá também gostar de

Top 10 de 2015
DIY – Cinco tutoriais para você tentar em casa
Dicas de Presente para o Natal 2
Rolé de Moto.

Deixe um comentário