14
nov
2013
desert boot telha

Apresentando as Desert Boots – Um Guia Black Boots

Nossas Desert Boots chegaram e achamos que seria legal explorar a história dessa bota tão clássica e das subculturas que fizeram da desert boot um verdadeiro ícone.

A história da desert boot começa em 1941 quando um soldado do Oitavo Exército Britânico reparou que seus companheiros calçavam botas de camurça cor de areia com solado de crepe. A bota feita na África era confortável, macia e tinha aderência perfeita para terreno árido e quente.

O soldado Nathan Clark vinha de uma família de sapateiros. Durante a guerra, Nathan chegou a enviar desenhos das botas para o irmão que ainda estava Inglaterra, mas a família achou o modelo muito pouco refinado e arquivou a ideia.

compre desert boots online

desert boot telha

Quando Nathan Clark voltou para casa ele colocou a mão na massa. Completou a bota dos sonhos em 1949 mas os chefões ingleses não ficaram satisfeitos. Ele foi para os Estados Unidos lançar o modelo por conta própria e o público americano aprovou. Ficaram encantados com o visual que é casual mas tinha o que eles chamaram de “um toque inglês”. Não teve como negar o sucesso e o projeto finalmente foi aprovado. O resultado: Sucesso na Inglaterra também.

Com mais de 70 anos de idade, a desert boot calçou os pés de muitos ícones culturais de épocas diferentes: Steve Mcqueen, Bob Dylan, Paul Weller, e Liam Gallagher; e parece que não vão sumir tão cedo. Nunca é tarde para fazer parte da tradição das desert boots!

historia das desert boots

Nos anos 60 a desert boot teve outro boom de popularidade graças a juventude e os movimentos contracultura. Os jovens ao redor do mundo vestiram a bota, talvez porque ela não tinha nada a ver com a sofisticação britânica. Os Mods da Inglaterra usavam com com ternos. Em Paris, ela calçava os estudantes de arte e os intelectuais. Nos Estados Unidos, foram os Beatniks.

mods usando desert boots

Surpreendente mesmo foi a febre aconteceu na Jamaica durante o final dos anos 60 e na década de 70. Dennis Al Capone, uma lenda do reggae Jamaicano, chegou a cantar que se você não estivesse usando uma, você não era nada.

As desert boots conquistaram os jovens jamaicanos do movimento dancehall. Eles importavam a botas e a fama do público Rude Boy chamou a atenção da polícia de Kingston, que acreditava que a garotada não deveria ter dinheiro para importar botas. O governo jamaicano chegou até a proibir as importações, tornando a compra direta impossível. Os cantores e produtores musicais viajavam para a Inglaterra e voltavam com malas cheias de botas para os amigos e a família.

desert boots na jamaica

A desert boot conquistou o público com sua simplicidade. Os jovens de diversos movimentos incorporaram e continuam a incorporar ao visual, por causa da versatilidade e casualidade. O solado de crepe é tão confortável que fez muito sucesso na década de 80, quando a crise de petróleo forçou os Ingleses a andarem mais a pé. Uma versão da bota (a Wallabees) ganhou as ruas de NY na década de 80 e 90, e foram tema (e foto de capa) do primeiro álbum do grupo de hip-hop Wu Tan Clan.

Não demorou muito para elas também entrarem no radar da moda, sempre de olho na juventude. A bota ganhou espaço em editoriais, desfiles, e surgiram várias versões. O solado de crepe também foi parar muitos outros modelos de sapato.

A vida é assim, um modelo que quase não foi aprovado acabou se transformando em uma bota para todos, e a simplicidade ainda é bonita! Existem várias maneiras de usar, se estiver na dúvida, veja o post sobre como gostamos de usar desert boots, e confira o site para ver todos os modelos de botas desert! Também temos seis modelos femininos, adaptado para as mulheres e com opções de cores divertidas para compor o visual.

Guia Desert 6

Comentários

comentários

Poderá também gostar de

anatomia-bota-1
Anatomia da Bota
como-e-feita-desert-boot-destaque
Como é Fabricada Uma Desert Boot
Nova Black Boots – Rua Sergipe 1233
Caminhão de Mudanças…