A história da Vans – Corridas de cavalo, California e Solas de Borracha

Tênis de lona com solas de borracha, nunca foram os mais confortáveis, mas sempre foram bonitos e baratos o suficiente para que os fãs colocassem o conforto em segundo plano. O Vans é acessível e fácil de usar, um tênis para qualquer um. Independente de qual é o seu estilo, é bem provável que um Vans (ou um tênis inspirado pela Vans) já tenha passado pelo seu guarda roupa. Os calçados da Vans, principalmente o Era e o Authentic, parecem capturar a atitude tranquila das praias Californianas, que sempre tiveram um apelo universal. No entanto, poucos sabem que as raízes da marca estão na outra costa dos Estados Unidos.

Nos anos 40 Paul Van Doren era apenas mais um adolescente em Boston que havia desistido da universidade e ganhava um trocado apostando em corridas de cavalo. A mãe de Paul cansou do jeitão do rapaz e colocou ele para trabalhar em uma fábrica de sapatos, a Randy´s Shoe Factory. Paul Van Doren começou varrendo o chão, depois foi trabalhar na linha de montagem, e foi subindo até chegar ao cargo de Vice Presidente Executivo. No início da década de 60 a fábrica Randy era a terceira maior fabricante de sapatos dos Estados Unidos, mas eles tinham um grande problema: uma fábrica na Califórnia que dava um prejuízo preocupante. Paul foi para a Califórnia junto com seu irmão Jim e mais um amigo para salvar a fábrica. Oito mêses depois ela já era mais lucrativa do que a em Boston.

Apesar do sucesso, Paul não estava satisfeito trabalhando para a Randy. O problema era trabalhar para uma fabricante e ver o lucro todo indo para os varejistas. Paul resolveu mudar isso e criar uma empresa que fabricasse sapatos e os vendesse diretamente ao consumidor. Em 1966 Paul Van Doren saiu da Randy e junto com seu irmão e alguns amigos montou a Van Doren Rubber Company, em Anahein (California). Os clientes podiam entrar na loja de dia, pedir um par de tênis e a equipe de Van Doren os personalizava para o cliente buscar na mesma tarde. O processo revolucionou a indústria, mas não era o bastante para tornar a Vans famosa. Os sapatos tinham que justificar a compra.

Paul e seus sócios abriram a loja na mesma época da explosão do skate na california no final dos anos 60. Por sorte, a sola de borracha grudenta e o cabedal de lona eram como se tivessem sido feitos sob medida para estes jovens skatistas. A medida que o esporte se espalhou, junto foi a Vans, primeiro associada a cultura do skate mas depois atravessando essa barreira, vendendo o “cool” da California para o mundo todo. Até hoje a linha classica da Vans ainda representa o melhor que a marca tem a oferecer, uma estética clean e casual, tão boa hoje quanto era nos anos 60 quanto Van Doren criou o seu primeiro par de tênis.

fabrição de um tênis Vanscampanha publicitária da vans vintageCriador da Vans, Paul Van Dorenskatista anos 60 de Vansanúncio vintage da Vanscaixa vintage original de um tênis Vans

 

 

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *