2
jun
2015

Patagonia Worn Wear – As Histórias que Vestimos

O velho vira novo outra vez. A ascensão da Patagônia para o primeiro plano no mundo da moda é um ótimo exemplo disso. O The Wall Street Journal cobriu o fato da marca ter voltado a ser considerada “legal” pelo mundo fashion, e agora o The New Yorker estudou como ela conseguiu fazer isso sem nem ao menos tentar.

patagonia-worn-torn

A estratégia faz parte do DNA da marca graças ao fundador Yvon Chouinard, uma espécie de guru para um mundo melhor (recomendo demais o livro Let My People Go Surfing). A receita é simples, e não precisa de nenhum estudo para explicar: Eles fazem um bom produto, que dura bastante, e funciona exatamente como anunciado.

A mais nova campanha foi uma viagem de seis semanas por todos os Estados Unidos com uma pequena caravana, vendendo e consertando peças usadas da Patagônia. Foram vendidas apenas cerca de 2100 peças ao longo da viagem, mais o importante era reforçar a mensagem anti-consumismo da marca. As viagens são documentadas em um Tumblr dedicado ao movimento, junto com as “histórias que vestimos”. A Patagonia quer que o consumidor compre menos coisas por impulso e escolha o que realmente vale a pena.

Yvon Chouinard

“Compre menos, compre melhor”, como se diz por aí. A marca mantém desde o início a postura de que o consumismo é um grande mal, que gerou inúmeros problemas como mudanças climáticas e poluição. Pede sempre para os clientes escolherem bem o que compram, atentando para a origem e o impacto da produção. A empresa faz jus a todas essas afirmações e reinvindicações: Além da caravana, eles também vendem produtos usados na loja em Portland e investem pesado na redução de novas compras, através de trocas, escambos e consertos.

patagonia-anuncio

Apesar do posicionamento, a marca de 40 anos continua a crescer a uma velocidade incrível. A integridade é o que move os números, e parece que cada vez mais as pessoas estão deixando de lado as versões “fashion” e preferindo comprar o original.

Aqui na loja temos uma coisa parecida com a Snake, que tem um programa de garantia extendida. Além dos 90 dias de garantia aqui da loja, você pode, a qualquer momento, enviar a sua bota direto para eles corrigirem os problemas e restaurarem o produto.

patagonia-worn-torn-2 patagonia-worn-torn-3 patagonia-worn-torn-4 patagonia-worn-torn-6 patagonia-worn-torn-7 patagonia-worn-torn-8 patagonia-worn-torn-9 patagonia-worn-torn-10 patagonia-worn-torn-11 wornwear-patagonia-9 worn-wear-patagonia-10

Comentários

comentários

1 Resposta

Deixe um comentário