2009 – Black Boots

Revendo algumas fotos e achei estas de 2008…2009. Eu fico impressionado com a quantidade de produtos da loja. Já vendemos uma variedade enorme de marcas, muita coisa legal e bacana. Uma estrada cheia de erros e acertos, e agora desenvolvendo com muita força e paixão a nossa marca própria – Black Boots -.

Olha este display de cartões que ficava na porta. Ainda era uma epoca que isto funcionava, as pessoas passavam e pegavam estes cartões com fotos legais e que falavam um pouco das marcas anunciantes. Era o Instagram da época.

Essa ideia de pendurar as calças ficou bem legal, e com custo super barato. No meio destas calças vejo algumas da Redley super legais, tipo calça de quimono. Até chapéu tinha, nem me lembrava.

Tinha um freezer com Coca Cola e Cerveja Heineken, a gente servia os clientes. Hoje isto faz parte de varias lojas, podemos dizer que fomos pioneiros neste tipo de atendimento.

Olha só esses tenis da Converse!!! Black Sabbath, John Varvatos, e muitos outros. Que doideira, pra quem gosta e coleciona… isso aqui foi o ouro. Ainda tenho algumas relíquias destas guardadas.

Isso ai… foi muita diversão.

Valeu!!! Guilherme.

Compartilhe nas redes:
Escrito por
Guilherme Horta
Guilherme Horta. Sócio-diretor da Black Boots Brasil. Dediquei os últimos 25 anos criando, comprando e revendendo botas masculinas. Consegui transformar uma pequena loja de 25m2 em uma marca reconhecida nacionalmente, a Black Boots. Minha bebida preferida é uma boa cerveja IPA. Gosto de jazz, musica eletrônica e bossa-nova. Nasci em 1961, e passo maior parte dos meus dias no Sul de Minas, pintando o "sete". Sou um obsessivo colecionador de antiguidades e objetos vintage. No final da tarde tomo chá de louro, e pelas manhãs uma ducha gelada pra acordar. Me divirto com a vida, quanto mais simples melhor.