Black Boots. Loja com design despojado que conquistou milhares de admiradores e clientes.

Quando vejo esta foto me dá uma certa nostalgia, afinal foram vários anos neste local da Rua Fernandes Tourinho 182. Muita coisa boa rolou.. mas muita mesma.

Quando peguei este ponto ele estava morto, nada durava ai. Diziam que tinha cabeça de burro enterrada. Não acredito muito nestas coisas, mas sei tbm que se tem energia ruim vc tem que limpar e fazer o lugar virar… por que senão a coisa não anda.

A minha loja anterior era logo enfrente, na mesma rua. Contratei um faz tudo, o Nasser, e junto com ele passei 04 meses reformando esta loja. Derrubamos paredes, reformamos o telhado, trocamos janelas… melhoramos o piso, e com muita criatividade adaptamos a Black Boots nesta casa de 300m2. Foi muito bom poder trabalhar neste projeto. O conceito inicial foram ideias do Cristiano Sá Motta, arquiteto que tenho o maior respeito e admiração, e que tive a sorte de poder contar com suas otimas ideias. Confere o Instagram , mas tem que solicitar, o perfil não é publico. https://www.instagram.com/cristianosamotta/

A inspiração veio de Lavras Novas, onde frequentei nos anos 80. Lá eu vi os nativos construindo, tudo feito com material local, com muita criatividade, coisas que se emendam, sem muita frescura, meio pros cocos… e assim eu fiz a Black Boots. Um local parecido com a gente, Minas Gerais, com as nossas raízes, um lugar que se sente bem, parece que vc está em casa, com simplicidade.

Isto foi no inicio de 2000… ficamos lá até meados de 2016. Aquilo era uma coisa do outro mundo, as pessoas chegavam na loja e ficavam embasbacadas. Viramos referencia nacional, todas as marcas queriam estar dentro da Black Boots. E assim foi…

Foram 16 anos. E durante este tempo várias mudanças na decoração, tudo feito com materiais recicláveis, com aproveitamento de tudo. Muitas vitrines temáticas.

É muita história.

Em 2015 tentei negociar a compra da casa, mas não rolou, o valor era absurdo. Dei um novo rumo para a Black Boots, fomos em direção a um novo projeto. Bom mudar. Ótimo mudar. Adoro novas aventuras, e foi isto que fizemos. Em julho de 2016 saímos da Fernandes Tourinho, deixando na Savassi a nossa Pocket Store da Rua Sergipe. Que vale a pena ser conhecida. Uma loja onde tive o cuidado de colocar madeiras no piso que rangem ao andar, para que vc sinta um pouco da casa mineira colonial. Mas sobre isto vamos falar num outro post.

Confere as fotos, os detalhes… a loja é sempre uma diversão. E que vende muitas botas masculinas de couro.

Valeu!!! Abs, Guilherme.

Compartilhe nas redes:
Escrito por
Guilherme Horta
Guilherme Horta. Sócio-diretor da Black Boots Brasil. Dediquei os últimos 25 anos criando, comprando e revendendo botas masculinas. Consegui transformar uma pequena loja de 25m2 em uma marca reconhecida nacionalmente, a Black Boots. Minha bebida preferida é uma boa cerveja IPA. Gosto de jazz, musica eletrônica e bossa-nova. Nasci em 1961, e passo maior parte dos meus dias no Sul de Minas, pintando o "sete". Sou um obsessivo colecionador de antiguidades e objetos vintage. No final da tarde tomo chá de louro, e pelas manhãs uma ducha gelada pra acordar. Me divirto com a vida, quanto mais simples melhor.