Desert Boot Weekend, a novidade que a Black Boots lança em 2020.

Produzir Chukka Boots é comigo mesmo. Este é o tipo de modelo que sempre gostei, afinal de contas ele faz parte da minha adolescência. E neste post vou contar para vcs como foi o processo de construção e produção deste modelo que vamos lançar brevemente aqui na Black Boots.

Desert Boot Weekend

Este tipo de bota masculina já é bem conhecida do publico, ela ja foi produzida por varias marcas, e a Black Boots vem fazendo desde 1996. É uma bota bem simples, cabedal sem muitas costuras, apenas 02 linhas de furos para ilhoses, solado de crepe ou EVA… e por ai vai.

O grande desafio é fazer um modelo que atenda bem aos pés dos brasileiros, e para isto precisamos de uma forma que seja bem testada, que tenha conforto, durabilidade, e mesmo assim, mantenha sua silhueta esbelta, simples e ao mesmo tempo descontraida.

Neste caso juntamos a forma da nossa bota BS9002, misturamos com o cabedal de uma Clarks Original e colocamos um solado inspirado na Red Wing Weekend… por isto a inspiração para o nome Desert Weekend.

O solado é desenvolvido pela MSM, a mesma empresa que produz os solados Vibram no Brasil, por isto vcs ja podem fazer ideia da qualidade deste solado que utilizamos. Leve, confortavel e resistente. Obvio que não vai durar tanto quanto aos nossos solados de borracha, mas aqui a proposta é um calçado mais leve, para momentos de lazer, onde não será exigido tanto atrito.

Estou usando a bota desde o inicio do ano, portanto já estamos com mais de 60 dias de uso. Não poupei a bota. Tomei chuva, andei de moto, pisei na lama, corri… fiz de tudo um pouco. E o mais importante… usei diariamente.

Ela é muito confortavel e leve. Dá gosto de usar. Os pés ficam soltos dentro dela, e como ela é toda forrada de couro, isto dá um toque muito bacana e aveludado. Dá pra usar sem meias tranquilamente, graças ao forro de couro. No inverno é só colocar uma meia de lã que seus pés vão ficar aquecidos, o couro tem essa propriedade, de aquecer no inverno e respirar no verão.

A palmilha de montagem é de soleta de couro, isto deixa a bota muito mais resistente e confortavel. E o visual fica outro… muito mais rustico e encorpado.

Nunca vi nada igual aqui no Brasil. Fiz questão de desenvolver um produto de altissima qualidade, com os melhores componentes. Uma bota para competir de frente com as botas gringas, e por um preço bem acessivel.

Ela vai sair inicialmente em 04 cores, que ainda estamos estudando,e com o tempo vamos lançar com novidades. Pensei num couro graxo, que tem tudo a ver com este modelo, e tbm com a camurça, que é o material original desta bota.

Estou pensando no tipo de cadarço a ser colocado. Gosto deste amarelo colorido, mas acho que um cadarço mais fino com acabamento arredondado nas pontas pode cair muito bem nesta bota. Temos tambem a possibilidade de um cadarço de couro, aqueles de duas cores… um tom mais escuro na superficie e o miolo do cadarço num tom caramelo. Estamos em fase de construção deste modelo. Ideias são sempre bem vindas.

E ai? Oque vc achou deste modelo??

Mande suas ideias e venha nos ajudar a fazer uma bota masculina de couro Chukka que agrade a Grego e Troianos… será que vamos conseguir?? Claro que sim!!!

Valeu!!!

Compartilhe nas redes:
Escrito por
Guilherme Horta
Guilherme Horta. Sócio-diretor da Black Boots Brasil. Dediquei os últimos 25 anos criando, comprando e revendendo botas masculinas. Consegui transformar uma pequena loja de 25m2 em uma marca reconhecida nacionalmente, a Black Boots. Minha bebida preferida é uma boa cerveja IPA. Gosto de jazz, musica eletrônica e bossa-nova. Nasci em 1961, e passo maior parte dos meus dias no Sul de Minas, pintando o "sete". Sou um obsessivo colecionador de antiguidades e objetos vintage. No final da tarde tomo chá de louro, e pelas manhãs uma ducha gelada pra acordar. Me divirto com a vida, quanto mais simples melhor.